Produção e Criação Musical - BTEC HND

Apresentação

Curso de Produção e Criação Musical BTEC HND (2 Anos)

A indústria musical tem sido alvo de grandes mudanças. O músico é hoje cada vez mais autor, compositor, produtor e gestor da sua própria carreira. O objetivo deste curso é permitir ao aluno o início de uma atividade no meio musical através do desenvolvimento de capacidades de escrita e composição, bem como o conhecimento técnico da performance ou da produção.

No estúdio, o aluno convive com o analógico e o digital, utiliza vários softwares de gravação, descobre o fascínio da edição, o equilíbrio da mistura e o processo da masterização. Com a prática, aperfeiçoa a sua personalidade estética e artística, e aprende a saber ouvir e a encontrar a sua própria voz. Durante o curso tem acesso a estúdios de gravação/produção e salas de pós-produção áudio e masterização.

Estrutura do curso

UNIDADES CURRICULARES

1º ANO

A INDÚSTRIA MUSICAL (THE MUSIC INDUSTRY)

Esta Unidade aborda a indústria musical como uma indústria em eterno movimento, com uma variedade de áreas que se vão sobrepondo às que existiam anteriormente e interagindo com as novas. É necessário, neste contexto dinâmico e ligado através da tecnologia, compreender a sua complexidade para potenciar oportunidades que poderão coroar com êxito a atividade escolhida.

 

MARKETING E PROMOÇÃO PARA MÚSICOS (MARKETING AND PROMOTION FOR MUSICIANS)

A versatilidade é hoje em dia extremamente importante para quem quiser desenvolver esta atividade, organizando o seu portfolio e comunicando a sua carreira com as ferramentas de promoção e marketing adequadas. É importante que o músico adquira conhecimentos anteriormente confinados às editoras e aos managers. Estes são os temas desta Unidade.

 

DESENVOLVIMENTO PROFISSIONAL (PROFESSIONAL DEVELOPMENT)

A paisagem da indústria musical alterou-se drasticamente nos últimos anos, tendo a tecnologia influenciado o modo como se produz e se usufrui a música, o que constitui um enorme desafio para músicos, compositores, autores e produtores, assim como para as editoras. A Unidade permite o conhecimento dos pontos fortes e a originalidade da proposta individual do aluno, o que fará certamente a diferença.

 

MÚSICA E SOCIEDADE (MUSIC AND SOCIETY)

Esta Unidade observa e estuda a criação de conteúdos a partir das interações entre a sociedade e a música popular. O aluno irá explorar o papel importante e influente da média na sociedade de hoje e perceber que impacto têm no artista os debates sobre identidades de género, raça, classe e sexualidade, influenciando o seu trabalho, o género e/ou subgénero musical e por consequência a oferta do produto cultural. Após a conclusão desta Unidade o aluno pode observar como a sociedade molda o desenvolvimento da música popular.

 

INTRODUÇÃO À PRODUÇÃO MUSICAL (MUSIC PRODUCTION FUNDAMENTALS)

A tecnologia é hoje omnipresente na produção de música contemporânea e uma ferramenta padrão da indústria da música e do entretenimento. Os desenvolvimentos tecnológicos modificaram significativamente a prática de gravação, edição e mixagem de som nos últimos anos, e são o foco desta unidade.

 

INTRODUÇÃO À ENGENHARIA DE SOM (SOUND ENGINEERING FUNDAMENTALS)

Há uma variedade de métodos usados por engenheiros de som para trabalhar o áudio de maneira segura, controlada e criativa. Ser um engenheiro de som envolve muito mais do que posicionar um microfone e carregar no Rec. Os músicos, produtores e engenheiros de som de música devem adquirir todas as valências necessárias para trabalhar o áudio nos seus campos respetivos, que podem ir da gravação de um disco à sonorização de um filme. A Unidade aborda uma introdução a estas matérias.

 

ESCRITA DE CANÇÕES (SONGWRITING)

Hoje em dia a escrita de canções requer mais do que nunca um conjunto versátil de valências e conhecimentos sócio culturais. Individualmente, ou como parte de um projeto colaborativo, o processo de escrita nesta Unidade envolve uma variedade de conceitos e ferramentas cuja prática será desenvolvida ao longo das aulas. O objetivo é familiarizar o aluno com o(s) processo(s) de composição de modo a criar as suas próprias canções e a gerar o seu portfolio pessoal, seja como compositor individual seja como parte de uma equipa colaborativa.

 

CANTO (SINGING I)

Seja aspirante a produtor ou autor, intérprete ou compositor, qualquer futuro profissional do meio deverá adquirir uma compreensão física detalhada do funcionamento do mecanismo vocal e das técnicas necessárias para o alcançar de performances do maior padrão possível. Nesta Unidade O alunos aprende como produzir um som mais confiante e tonalmente seguro, melhorando o seu ouvido musical. Será também incentivado a desenvolver a capacidade de usar certos requisitos físicos para alcançar uma boa produção vocal. No final desta Unidade o aluno saberá aquecer e preparar a sua voz para um desempenho eficaz e seguro, dominando os mecanismos de produção vocal.

 

2º ANO

PROJECTO DE PESQUISA CRIATIVA (CREATIVE RESEARCH PROJECT, PEARSON-SET)

Nesta Unidade o aluno escolherá o seu próprio projeto com base num tema proposto, o que permitirá explorar e examinar um assunto atual e com assinalável importância no contexto do Curso de Produção e Criação Musical.

 

PRODUÇÃO MUSICAL AVANÇADA (ADVANCED MUSIC PRODUCTION)

Esta Unidade baseia-se na aprendizagem adquirida na Unidade Introdução à Produção Musical, lecionada no ano anterior. Os conhecimentos apreendidos anteriormente são consolidados e desenvolvidos à luz das melhores práticas da indústria atual. O uso confiante da tecnologia dentro do ambiente de produção é fundamental para a prática profissional nas Indústrias de música e entretenimento. A velocidade, a proficiência e o fluxo de trabalho, além de uma compreensão efetiva das principais técnicas e processos, são vitais para uma carreira de sucesso.

 

MISTURA E MASTERIZAÇÃO (MIXING AND MASTERING)

A mistura de áudio é um processo muito importante na pós-produção. Numa mistura todas as pistas gravadas são inspecionadas ao detalhe e processadas até soarem da maneira desejada e se relacionarem de modo equilibrado. O objetivo desta Unidade é proporcionar ao aluno o conhecimento e a compreensão das técnicas utilizadas pelos engenheiros de som e produtores de música para combinar/misturar várias pistas e camadas de modo a valorizar o resultado final.

 

TÉCNICAS DE SÍNTESE SONORA AVANÇADA (ADVANCED SYNTHESIS AND PROCESSING)

Nas últimas duas décadas têm sido desenvolvidas opções cada vez mais diversificadas no uso de tecnologias que fornecem aos músicos digitais e designers de som uma gama desconcertante para a sua paleta sonora. Esta Unidade explora o espetro dessas tecnologias, a teoria subjacente e as capacidades sonoras de cada uma delas e explica como as técnicas avançadas de processamento podem transportar um som cru para um nível superior.

 

SOM AO VIVO (LIVE MIXING) 

sta Unidade mostra como fazer som ao vivo envolve mais do que a operação de equipamentos de reforço de som. A comunicação empática com os artistas e as equipas de áudio é igualmente importante, assim como a valorização do nível emocional de uma atuação ao vivo. Na verdade, não há engenheiros de áudio que ao vivo que sejam "melhores" do que outros: há “apenas” engenheiros de som que são empáticos e que entendem as necessidades complexas (muitas vezes não relacionadas com o áudio) do artista com o qual trabalham em palco.

 

DESENVOLVIMENTO ARTÍSTICO (DEVELOPING AS AN ARTIST)

Trabalhar como artista na atual indústria da música exige uma gama diversificada de valências e conhecimentos. A adaptação ao Mundo em constante mudança, guiado por diferentes tecnologias, como por exemplo os social media, coloca maior ênfase na necessidade de convivência entre o universo musical e os contextos comerciais. A diferenciação entre o “artista musical” e o “produto comercial” nunca foi tão necessária quanto hoje. Esta Unidade prepara o aluno para a complexidade da indústria.

 

PORTFÓLIO CRIATIVO (CREATIVE PORTFOLIO)

Esta Unidade oferece aos alunos a oportunidade de, qualquer que seja o percurso escolhido, criar um portfólio de trabalho relacionado diretamente com o projeto que quiserem realizar. Será uma espécie de cartão-de-visita para o mundo do trabalho.