Equipa ETIC no EDP cool Jazz: muito mais do que uma experiência profissional

“É um espaço para criar, errar e aprender”, descreve Nuno Madeira, professor da ETIC há 6 anos na área de Cinema e Televisão. “Ao colocá-los no contexto real de trabalho, como é o caso deste Festival, os alunos podem experimentar novas abordagens. Dessa forma atingem os objetivos nas suas áreas, e têm também acesso aos meios, ao set  e dão azo à sua liberdade criativa.”

Ao todo foi uma equipa de 15 alunos que participou nos 7 dias de concertos do EPD Cool Jazz: Fotógrafos, Operadores de Câmara, Produtores, Pós-Produtores de Vídeo, e Pivots (Curso de Apresentador de Televisão). Os alunos adoram viver o ambiente de música e para muitos foi a 1ª experiência profissional – por isso não se importam de trabalhar na época em que estão todos de férias nem de chegar a casa às 3 da manhã exaustos. O importante é que se sentem realizados.

      

Rayza Rei, finalista de Pós-Produção vídeo e Grafismo, explica como é a experiência: “o cliente sabe que somos alunos a começar um percurso profissional e ajuda-nos nesse crescimento enquanto profissionais da área.” Rayza sente-se reconhecida pelo trabalho que entregou e considera muito importante saber que fez a diferença.

É uma parceria benéfica para ambas as partes, alunos e o cliente: “Ajuda-nos a testar nossos limites, temos que ser rápidos e eficientes ao mesmo tempo. E descobri que os meus limites não são os que tinha preconcebido. É nestas situações que conseguimos evoluir a sério e em equipa. Eu, câmara, não sou ninguém sem o som, sem a pivot sem a produtora”- confessa Ricardo Ramos Chaves, finalista do curso Operador de Câmara e Iluminação. 

A produtora Inês Rosa afirma que o maior desafio é manter a equipa em sintonia. Porque são vários dias de festival e as equipas vão mudando. Tenho de assegurar o cumprimento dos objetivos diários e a sincronia de trabalho na mudança de turnos.

No final, são alunos profissionalizados e que estão a construir o seu portefólio. Para os coordenadores Nuno Bento, José Fabião e Dora Nobre a sensação é de dever cumprido. Todos vêem no terreno um ano de trabalho, aplicado nos skills técnicos e na experiência de algo que está muito próxima do que vai ser a realidade dos alunos finalistas.

Parabéns Team ETIC/EDP Cool Jazz: Ana Barros, Ana Ginja, Ricardo Calado, Ricardo Chaves, Carolina Lourenço, Inês Freire, Inês Rosa, Liliana Gouveia, Rayza Rei, Wesley Vidal, Alejandro Silva, Luís Portela, Gonçalo Ribeiro, André Reis, João Pedro Rodrigues.